Seja bem vindo
Cascavel,18/06/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Copacol compartilha com cooperados balanço positivo da Avicultura

Reunião Semestral da Avicultura da Copacol demonstra a importância da participação do avicultor no campo e nas decisões administrativas


Copacol compartilha com cooperados balanço positivo da Avicultura Reprodução Freepik

Entender o panorama da atividade faz com que o cooperado possa atuar com protagonismo na propriedade. A transparência da Reunião Semestral da Avicultura da Copacol demonstra a importância da participação do avicultor no campo e nas decisões administrativas. “Esse encontro oferece a oportunidade do conhecimento, para que o cooperado possa melhorar o rendimento a cada lote, além de apresentar uma atualização comercial, com perspectivas dos desafios do segmento. A avicultura está em um momento muito favorável, que não tínhamos há muito tempo, com eficiência nas granjas e também na comercialização. Esperamos que esse resultado positivo prossiga para garantirmos segurança aos nossos avicultores”, afirma o diretor-presidente, Valter Pitol.

Com uma média de 422 pontos no IEP (Índice de Eficiência Produtiva) de janeiro a abril deste ano, a Copacol se destaca no segmento pelo excelente desempenho: comprometimento dos avicultores, que seguem as recomendações técnicas e investem no desenvolvimento da atividade. “A avicultura é uma atividade em que se ganha no detalhe. Nossa performance está muito boa, mas sempre temos oportunidades para melhorar e progredir, viabilizando a atividade. Quando falamos da avicultura temos um verdadeiro complexo envolvido: matrizeiros, incubatórios, fábrica de rações, logística, assistência técnica, cooperado, unidade industrial, comercial, até chegarmos ao consumidor. Tudo é feito em sinergia para ter resultados melhores”, afirma o superintendente de Produção, Irineu Dantes Peron.

Os encontros proporcionam troca de sugestões, apresentação de demandas do setor, aprendizado técnico e contato direto com a Diretoria da Cooperativa. Tradicionalmente realizada pela Cooperativa, a Reunião Semestral da Avicultura reuniu os cooperados em Jesuítas, Formosa do Oeste, Goioerê, Nova Aurora, Cafelândia e Jotaesse.

Edicleiton José Grizotto de Oliveira possui quatro aviários em Jesuítas, com 34,5 mil aves alojadas em cada um. Ele fez questão de acompanhar o evento para conferir o andamento da atividade. “É importante saber que estamos no rumo certo, a Copacol está no rumo certo. Isso nos dá segurança. Tivemos um resultado muito positivo no último lote, após alinharmos bem a atividade com o nosso colaborador, com média de R$ 1,85 por ave – chegamos a receber R$ 2 em um dos aviários. É uma soma de esforços, qualidade da Copacol em todos os ciclos e também no esforço na granja”.

Para aprimorar técnicas de manejo, que envolvem o pré-aquecimento do galpão, a renovação de ar, o conforto das aves do alojamento até a recolha, Lederson Trindade de Lima, consultor técnico da Corti Avioeste, empresa especializada em equipamentos avícolas, apresentou análises realizadas em aviários de diferentes regiões brasileiras, destacando detalhes que fazem a diferença no rendimento do lote.

CAPACITAÇÃO

O resultado a campo reflete também a profissionalização da mão de obra envolvida na atividade: o Centro de Treinamento Avícola está com atividades em desenvolvimento que aprimoram resultados. “Buscamos a excelência em todas as atividades da avicultura, que reflete a campo, onde o avicultor está aderindo as recomendações da Cooperativa. O CTA é um divisor de águas, oferecendo uma experiência prática, com o aperfeiçoamento do manejo e a utilização adequada das tecnologias existentes”, afirma o gerente da Integração de Aves, Douglas Silva.

Assessoria




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.