Seja bem vindo
Cascavel,23/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Selo da OAB reconhece cursos estaduais de Direito

Denominada OAB Recomenda, essa honraria avalia cursos de Direito de todo o país


Selo da OAB reconhece cursos estaduais de Direito SETI-PR/AEN

As universidades estaduais de Londrina (UEL), Maringá (UEM), Ponta Grossa (UEPG), do Oeste do Paraná (Unioeste) e do Norte do Paraná (UENP) receberam neste mês o selo de qualidade do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Denominada OAB Recomenda, essa honraria avalia cursos de Direito de todo o País, a fim de destacar instituições que atuam no ensino das ciências jurídicas.

O levantamento avaliou 1.900 cursos de instituições brasileiras públicas e privadas, dos quais 198 alcançaram o nível de excelência necessário. Nesse grupo, estão 11 cursos de Direito das universidades ligadas ao Governo do Paraná, que somam, aproximadamente, 3.618 estudantes matriculados nos câmpus de Francisco Beltrão, no Sudoeste; Jacarezinho, no Norte Pioneiro; Londrina, no Norte do Estado; Marechal Cândido Rondon, no Oeste; Maringá, no Noroeste; e Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais.

Os principais critérios de avaliação estão relacionados ao rendimento dos alunos no Exame da Ordem, prova obrigatória para o exercício da advocacia, e aos indicadores do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), no âmbito do Ministério da Educação (MEC). Também são avaliadas características como a qualificação do corpo docente das instituições de ensino, a infraestrutura e as iniciativas de pesquisa e extensão universitária.

Desde a primeira edição do selo, em 2001, a UEL, a UEM e a UENP são reconhecidas pela OAB como referências no ensino do Direito no Paraná. A UEPG e a Unioeste passaram a integrar a lista das instituições classificadas a partir da quarta edição, em 2012.

Para o coordenador do curso de Direito da UEM, professor Ricardo Gardiolo, esse reconhecimento está associado à qualidade da formação. “A excelência acadêmica do nosso curso oferece uma formação robusta, alinhada às demandas do mercado e aos desafios atuais da advocacia, com professores qualificados e envolvidos em pesquisas acadêmicas, assegura uma educação baseada em rigor científico e reflexões críticas”, afirma.

ESTADUAIS – Juntas, as sete universidades estaduais do Paraná ofertam 948 vagas todos os anos em 16 cursos de Direito, distribuídos em 11 cidades de diferentes regiões do Estado. A UEL, a UEPG e a UENP contam, ainda, com programas de pós-graduação na área das ciências jurídicas, com três cursos de mestrado e dois de doutorado.

A partir de um compromisso com a interiorização do ensino superior paranaense, o Governo do Estado, com apoio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), implantou quatro cursos de Direito desde 2019. Essas novas graduações foram aprovadas para a Universidade Estadual do Paraná (Unespar), nos câmpus de Apucarana, no Vale no Ivaí, União da Vitória, na região Sul, e Paranavaí, no Noroeste; e para a Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), em Guarapuava, no Centro-Sul do Paraná.

AEN




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.