Seja bem vindo
Cascavel,23/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Projeto da Univel garante refeições a pessoas em vulnerabilidade

O projeto conta também com o apoio da instituição para a compra de insumos básicos


Projeto da Univel garante refeições a pessoas em vulnerabilidade Assessoria

Com o objetivo de diminuir o desperdício de alimentos e conscientizar a comunidade acadêmica sobre a importância de ajudar os mais necessitados o projeto "Univel Solidária", que teve início em 2017, busca aproveitar integralmente os alimentos provenientes da fazenda escola e da cozinha pedagógica da instituição para preparar refeições destinadas a pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Para viabilizar o projeto, um grupo de colaboradores do Centro Universitário Univel se comprometeu a contribuir com uma quantia mensal de R$ 20,00. Esses recursos são destinados à compra de insumos secos, como arroz, feijão, óleo, farinha, farinha de biju e macarrão, além de proteínas animais como carne de gado, frango e suíno. O projeto conta também com o apoio da instituição para a compra de insumos básicos (farrinha, óleo, entre outros...)

Além dos colaboradores que fazem doações em dinheiro, acadêmicos da disciplina de extensão também participam ativamente do preparo dos alimentos, doando seu tempo e trabalho voluntário. Essa participação fortalece ainda mais a ação do projeto. De acordo com a professora Sandra Maria Borçoi, o envolvimento dos estudantes é uma forma eficaz de desenvolver neles o espírito voluntário e a consciência social. “Incentivar os alunos a colaborarem com projetos solidários e voluntária, oferecendo apenas a mão de obra, é uma forma de conscientizar que nossos gestos, nossos esforços nem sempre precisam ser financeiros, mas que o ato de cozinhar pode ajudar a salvar vidas,” destaca a docente do centro universitário.

O projeto proporciona uma nova perspectiva sobre o uso dos alimentos e oferece uma maneira concreta de ajudar pessoas em situação de risco. Os hortifrutis utilizados no projeto são provenientes do Banco de Alimentos do Ceasa e consistem em alimentos com estado de maturação avançado, que provavelmente seriam descartados, mas que, após uma triagem, podem ser aproveitados. “Esse processo promove um melhor aproveitamento dos alimentos e e promove uma reflexão sobre o consumo e a forma como conservamos os alimentos em casa. Esse processo desenvolve um senso de aproveitamento melhor dos alimentos que nos faz repensar sobre nosso consumo e maneira que conservamos nossos alimentos em nossas casas, por exemplo. Esse senso adquirido contribui para uma visão mais sustentável, conscientizando sobre a forma que aproveitamos os insumos que fazem parte de nosso dia a dia. Pequenas ações podem fazer a diferença”, pontua a professora Sandra Borçoi.


REFEIÇÕES SEMANAIS PARA QUEM PRECISA

O projeto prepara semanalmente um almoço destinado a cerca de 100 pessoas atendidas pela entidade Fraternidade Irmãos O Caminho. A ação não apenas fornece uma refeição nutritiva e de qualidade, mas também promove a consciência sobre o desperdício de alimentos entre discentes e a comunidade acadêmica. 

A coordenadora dos cursos de Gastronomia e Nutrição, Raquel Dreher pontua a importância do projeto para a comunidade que recebe as doações. “É incrível que possamos, por meio de um projeto institucional organizado por um curso, professores e funcionários que contribuem com doações mensais, intervir em um aspecto tão básico como a alimentação das pessoas. É emocionante saber que estamos ajudando um público que muitas vezes conta com nosso almoço como a única refeição do dia. Embora seja triste perceber que existem pessoas vivendo em condições tão vulneráveis, também é reconfortante saber que estamos contribuindo para que, pelo menos naquele dia, elas possam ter uma refeição digna e de qualidade”, destaca a coordenadora.

METAS E IMPACTO DO PROJETO

O projeto Univel Solidária tem como objetivo aproveitar integralmente os alimentos provenientes da fazenda escola da instituição, produzindo refeições para moradores de rua e indivíduos em situação de vulnerabilidade social. Além disso, busca conscientizar discentes e a comunidade em geral sobre a importância de evitar o desperdício de alimentos e contribuir para a alimentação digna e de qualidade dessas pessoas. Desde o seu início, há sete anos, o projeto já serviu 25.000 refeições.

Assessoria




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.