Seja bem vindo
Cascavel,16/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Preparado e articulado para o crescimento de Corbélia

Thiago Stefanello demonstra estar preparado para encarar um novo desafio, confirmando a pré-candidatura a prefeito de Corbélia

Fonte: Makelen Rotta
Preparado e articulado para o crescimento de Corbélia Stefanello coloca experiência à disposição dos eleitores de Corbélia - Foto: Makelen Rotta

Natural da cidade das flores, Thiago Daross Stefanello, 40, demonstra estar preparado para encarar um novo desafio, confirmando a pré-candidatura a prefeito de Corbélia. Casado, pai de dois, Stefanello gosta de enfatizar que os filhos sempre estudaram na rede de ensino de Corbélia e que sua esposa, Veridiana Stefanello, é professora em uma das unidades escolares. Formado em Fisioterapia e com pós-graduação em Governança Estratégica no Município, Thiago atua na vida pública há cerca de 14 anos, mas pela primeira vez pretende disputar uma eleição. Nas próximas linhas, ele relata um pouco sobre sua trajetória profissional, grandes obstáculos e destaca o conhecimento que possui sobre o sistema de saúde pública da região Oeste, além da vasta experiência e capacidade de articulação política.


Paraná Oeste: Conte um pouco sobre sua trajetória profissional e vida pública.

Thiago Stefanello: Cursei Fisioterapia e atuei na área nos três primeiros anos de formado. Em 2009 fui chamado para ser secretário municipal de Saúde de Corbélia, quando passei a trabalhar na gestão pública. Em 2013 me tornei diretor do Hemocentro, em Cascavel, instituição responsável por toda a captação e distribuição de sangue para mais de 50 hospitais. Já em 2015/2016, fui chamado para assumir a superintendência do Hospital Bom Jesus Toledo, que passava por sua pior crise. A unidade tinha mais R$ 15 milhões de dívida, havia dificuldade em relação a fornecedores e médicos para fechar a escala, por exemplo, então trabalhei fazendo toda uma reorganização administrativa e financeira, com transparência, buscando apoio do Governo do Estado, de deputados e prefeitos da região. Outro marco importante deste período, foi quando realizamos um movimento de pressão política pela equiparação dos valores de diária de leitos de UTI da região Oeste do Paraná, que recebiam apenas R$ 472, enquanto na região de Curitiba e Londrina, e no resto do País, eram pagos R$ 800 por diária pelo Ministério da Saúde. Na época, o ministro da Saúde era o Ricardo Barros, que então sancionou a portaria igualando os valores, o que beneficiou as unidades hospitalares. 


Em 2017 fui secretário de Saúde de Toledo e tive o desafio de colocar o mini hospital em funcionamento em 100 dias de gestão. Esta era uma unidade que estava fechada e consegui cumprir esta promessa. 


Em 2018, a convite do Dilceu Sperafico, me tornei subchefe da Casa Civil, a segunda cadeira mais importante do órgão e que realiza o trabalho de relacionamento com todos os deputados e com os 399 prefeitos, isto é, articulação e liberação de recursos. Foi um momento que ajudamos os municípios, mas sempre tive um olhar especial para Corbélia. Naquele momento, liberamos R$ 1 milhão para a pavimentação de ruas no distrito da Penha, mais R$ 500 mil para a pavimentação de asfalto no distrito de Ouro Verde, entre outras conquistas. 


Assumi a Secretaria de Saúde em Cascavel em 2019 e, no caminho, surgiu a pandemia da Covid-19, um dos maiores desafios. Começamos o trabalho de enfrentamento e coordenação do comitê de crise, trabalhando sempre com três pilares: salvar o maior número de vidas; ampliar a capacidade do sistema de saúde; e evitar a quebra da economia. 


Em 2022 fui para a Secretaria da Casa Civil para auxiliar na gestão, juntamente com o prefeito Paranhos (PL), secretarias e vereadores. Fico no cargo até 31 de maio, data limite, e depois vou me dedicar ao pleito eleitoral. Então, acredito que todas essas experiências me capacitaram para me colocar como pré-candidato a prefeito de Corbélia. 


Paraná Oeste: Enquanto secretário de Saúde de Corbélia, quais foram as principais demandas que conquistou?

Thiago Stefanello: Alguns legados ficaram deste período, como a construção do primeiro posto de saúde do bairro Santa Catarina e a construção do novo posto de saúde do distrito do Ouro Verde do Piquiri. Outra medida que implantamos na época, que fez a diferença, foi nos distritos, em que um médico clínico-geral dividia a carga horária - metade na Penha, metade em Ouro Verde - e então conseguimos um médico para cada unidade em tempo integral, o que facilitou para a população. Mas o principal foi o Pronto Atendimento, o PAM, que foi criado em dezembro de 2009, enquanto eu estava como secretário e ele existe até hoje, prestando atendimentos 24 horas para a população.

 

Paraná Oeste: Como está a preparação para o período de campanha?

Thiago Stefanello: Iniciei as visitas pelos bairros, distritos e empresas, estou ouvindo as demandas das pessoas. Claro, tenho várias ideias, mas é importante ouvir e entender quais são os problemas para então compilar um Plano de Governo. Agora também é o momento de preparar um grupo de candidatos a vereadores e de conversar com os partidos. Temos pelo menos quatro partidos que sinalizam apoio e pelo menos três chapas de vereadores. 


Paraná Oeste: Na sua opinião, quais são as principais necessidades do município de Corbélia?

Thiago Stefanello: A principal demanda é o crescimento em termos de emprego. É necessária uma lei nova, uma lei moderna, que vise o fomento e a geração de empregos por meio da ampliação dos parques industriais, o que atualmente o município não possui. Corbélia precisa realizar uma aquisição de área para promover esse parque industrial com uma série de benefícios fiscais, para que empresas e indústrias se alojem e disponibilizem empregos.

Outro ponto que observo é em relação às questões de sinalização, de limpeza, de retirada dos resíduos, da acessibilidade de calçadas, por exemplo, para que se possa caminhar com tranquilidade, andar de bicicleta, ou seja, uma questão de zelo pela cidade, de adequações e de mantê-la bonita.


Paraná Oeste: Deixe uma mensagem para os leitores.
Thiago Stefanello: Meu recado para os leitores é: façam uma comparação entre os pré-candidatos. Quando você busca um advogado ou um médico, você analisa o currículo, a experiência da pessoa, se ela pode te entregar o melhor resultado. É isso que eu coloco à disposição: minha experiência, tudo que aprendi e vivenciei na vida pública. A certeza é que tenho capacidade de inovar, de mudar, de fazer a renovação necessária para que Corbélia cresça e se desenvolva, pois se a cidade cresce, todos ganham. 

 

 

 

 

 

 

 






COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.