Seja bem vindo
Cascavel,21/02/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Unioeste: projeto Solo na Escola presente no Show Rural

Projeto existe desde 2015 e apresenta às crianças do Ensino Fundamental, de forma lúdica, o que é o solo


Unioeste: projeto Solo na Escola presente no Show Rural Assessoria

O que é o solo? A pergunta parece ser de resposta simples, mas abarca uma infinidade de significados. É com esse objetivo que o curso de Licenciatura em Geografia do Campus de Marechal Cândido Rondon da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) realiza o desafiador projeto de extensão “O solo na escola”, apresentado no Show Rural 2024.

O projeto existe desde 2015 e apresenta às crianças do Ensino Fundamental, de forma lúdica, o que é o solo, chamado de terra, o recurso finito e fundamental para a vida humana.

A coordenadora do projeto, professora Doutora Vanda Moreira Martins, reforça que objetivo do projeto nos aspectos teórico e metodologicamente, é levar conhecimento aos professores e alunos da Educação Formal Básica por meio de oficinas didáticas, tutoriais, exposições, feiras, visitas técnicas e cursos de formação. “As práticas pedagógicas participativas e os materiais didáticos alternativos são os instrumentos utilizados no ensino dos temas e conteúdos SOLOS, na perspectiva de uma educação transformadora e cidadã”, frisa.

A pesquisadora esclarece que a educação ambiental é uma preocupação no curso de Geografia. “Desde 2015 que a gente tem o projeto como educação ambiental, ensino do solo no ensino fundamental”.

Vanda realizou suas pesquisas para doutorado na área de Agronomia, o que favoreceu encampar um projeto dessa natureza. “Aí por que na geografia? Nós temos uma disciplina que se chama Pedologia, e geografia como a ciência que estuda a organização do espaço, e os fenômenos socioambientais, então temos que conhecer o elemento que pisamos e trabalhamos”, ressaltou.

A professora acrescenta que costuma levar aos alunos o significado de solo como onde acontecem todas as atividades humanas. “Então se não conhecermos o solo, permitimos acontecer o que tem acontecido, vamos dar o exemplo da nossa região, muita erosão, muita perda de solo e desmatamento, então quando se conhece o solo, aprendemos a valorizar e conhecer o nosso solo”.

Apoio da gestão

O Projeto Solo na Escola sempre foi levado a outros locais, por meio da divulgação extensionista. “Para ir aos eventos tivemos o apoio da Reitoria, da Prefeitura, das Pró-reitorias de Pesquisa e Extensão”. O trabalho foi apresentado em outras instituições, como Universidades de Maringá, Viçosa e de Piracicaba, que realizam projetos similares.

Assessoria





COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.