Seja bem vindo
Cascavel,21/02/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Vereadora pede dados de climatização e conforto térmico em salas de aula

No documento, a vereadora solicita a relação detalhada da quantidade de salas de aulas por unidade de ensino da Rede Municipal de Educação


Vereadora pede dados de climatização e conforto térmico em salas de aula Foto: reprodução / assessoria

Com recordes históricos de calor, o último ano registrou vários dias com temperaturas acima de 40° graus em Cascavel e muito desconforto, especialmente nas atividades ao ar livre e nos locais de grande aglomeração. O conforto térmico e a garantia de saúde e bem-estar passaram a ser demandas urgentes para o Poder Público e por isso, o mandato da vereadora Professora Liliam (PT) solicitou para a Secretaria Municipal de Educação, no Requerimento 13/2024, informações acerca da climatização das salas de aula e conforto térmico para estudantes e profissionais da educação.

No documento, a vereadora solicita a relação detalhada da quantidade de salas de aulas por unidade de ensino da Rede Municipal de Educação equipadas com ar-condicionado, ventilador ou, eventualmente, desprovidas de qualquer equipamento. O requerimento pede ainda quais unidades de ensino não possuem pátio coberto, quais não possuem parquinho coberto, quais não possuem quadra de esportes coberta e que medidas estão sendo adotadas pela Secretaria Municipal de Educação para assegurar o conforto térmico dos estudantes e profissionais da educação. A Secretaria deve informar também o montante de recursos que seria necessário para aquisição de ar-condicionado para todas as salas de aula da Rede Municipal de Educação.

“A falta de ar-condicionado ou mesmo de ventiladores provoca condições insalubres de aprendizado e de trabalho, causando desconforto extremo, prejudicando a concentração e em alguns casos, resultando em problemas de saúde sérios relacionados ao calor excessivo”, explica Liliam. Segundo ela, o mandato tem sido procurado constantemente por pais e professores relatando os problemas provocados pela falta de climatização nas escolas municipais. Em alguns casos, como mencionado por pais e responsáveis com crianças matriculadas na Escola Nossa Senhora da Salete, no Brasmadeira, a unidade passou por uma grande reforma e foi reinaugurada em outubro de 2023, mas somente as salas de educação infantil possuem ar-condicionado e as demais nem ventiladores têm. “Vamos acompanhar esta demanda específica, mas também colocamos nosso mandato à disposição de toda a população para conhecer melhor a realidade das escolas e receber relatos e reclamações relacionadas a este tema”.

Assessoria





COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.