Seja bem vindo
Cascavel,23/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Padre Reginaldo Manzotti

Coração que tanto ama a humanidade


Coração que tanto ama a humanidade

Filhos e filhas,

Estamos na Semana do Sagrado Coração de Jesus e, nós aqui da Associação Evangelizar é Preciso e do Santuário Nossa Senhora de Guadalupe e de Jesus das Santas Chagas, estamos nos preparando para as 24 Horas na Presença do Senhor.

Por isso, esse é o tema da mensagem dessa semana, o Coração que tanto ama a humanidade. E o farei a partir da Sagrada Escritura: “Olharão para aquele que transpassaram” (Jo 19,31-37). Esse texto nos abre a reflexão sobre o coração transbordante de Jesus.

Desse manancial de Graças, que é o Sagrado Coração de Jesus, um rio de misericórdia desce sobre nosso coração ferido, o nosso coração endurecido e indiferente ao apelo e ao amor de Deus. Por isso, é necessário pedir constantemente que o nosso coração tenha os mesmos sentimentos que o de Jesus Cristo.

Do coração de Jesus, brotou água e sangue e, ao mesmo tempo, se cumpriu as escrituras: “Olharão para aqueles que transpassaram”. Os soldados não lhe quebraram as pernas porque o cordeiro tinha que ser perfeito, sem mancha, sem defeitos e transpassaram o coração que foi capaz de amar a humanidade sem limites. Que foi capaz de aceitar a encarnação, que já é um transbordar de amor. Esse coração capaz de amar até as últimas consequências ainda fez transbordar a água do Batismo, da purificação e o sangue da Eucaristia. O coração transbordante de Jesus fez nascer, no momento da cruz, a vida sacramental.

A devoção ao Sagrado Coração de Jesus foi muito bem pontuada através de muitos Escritos Papais e, particularmente, a Carta Encíclica “Haurietis Aquas” (Beberão águas), do Sumo Pontífice Pio XII, que trata da Devoção ao Sagrado Coração de Jesus e exorta-nos a abrirmos ao mistério de Deus e de seu amor, deixando-nos transformar por Ele. A devoção ao Sagrado Coração é um dos grandes desafios da nossa fé, porque nos leva a contemplar, a experimentar e testemunhar o amor de Deus.

Todo cristão deve ter (ou, pelo menos, procurar ter) um conhecimento profundo de quem é Jesus Cristo, quais são seus ensinamentos, seus sentimentos e, na devoção ao Sagrado Coração, como nos ensina o ministério da Igreja, somos chamados a “experimentar” esse Jesus.

Olhar para Jesus no seu coração transpassado, no seu coração dilacerado, significa tentar perceber um movimento de encontro com o coração de Jesus. Contemplar o Coração de Jesus é contemplar sua própria pessoa; é no fundo contemplar o amor de Deus que se revela em Cristo, porque Deus é amor (1Jo 4,8).

Jesus, manso e humilde de coração, fazei o nosso coração semelhante ao Vosso.

Deus abençoe,

Padre Reginaldo Manzotti




COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.