Seja bem vindo
Cascavel,15/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Hora da Terapia

Conflito emocional por trás da TPM


Conflito emocional por trás da TPM Reprodução Freepik

Bem-vindo à Hora da Terapia. 

Cada parte do nosso corpo está vinculada a uma emoção. Quando vivemos algo dramático, inesperado, nosso corpo muda sua biologia, isso ficou conhecido como doença, mas, isso nada mais é que um programa biológico de sobrevivência, existe uma razão pelo qual nosso corpo muda seu funcionamento normal.

Lembrando que não descarto outras possibilidades por trás do assunto aqui citado. Mas aqui vou trazer a visão da reprogramação biológica a emoção por trás do sintoma. 

Por trás de todo sintoma existe um conflito biológico, ou seja, um conflito ligado ao instinto animal de preservar a sobrevivência.

Qual o conflito por trás da TPM?

Pense nessa frase:

“Todo o mês, o útero chora o feto não fecundado”.

A menstruação é o momento mais feminino da mulher, e para muitas esse período não é agradável e para outras é um processo muito natural, logo a maneira como você encara esse período é que vai dizer porque umas sofrem tanto e outras não.

Quais histórias sobre menstruação você ouviu durante a vida?

Quais são as crenças que você escutou sobre a menstruação, sobre o feminino?

Quais são os traumas dentro do sistema familiar?

O que pode gerar os sintomas da TPM?

Traumas de relacionamentos, traições;

Perdas, abortos;

Incapacidade de cuidar daqueles que a mulher ama;

Frustações de Incapacidade de engravidar;

Frustração sexual com parceiro;

Violências e abusos;

Ambiente de trabalho machista, seu corpo irá se adaptar para se proteger;

Desconexão com o seu feminino;

Houve traumas no feminino dentro do seu sistema familiar? 

Houve maridos que abandonaram suas esposas?

Houve exclusão do masculino no seu sistema familiar?

É duro demais pra você ser mulher?

Em resumo existem os conflitos biológicos, sistêmicos familiares e crenças que atuam sobre você e faz com que seu corpo reaja e tente lhe proteger.

Entenda que é preciso dentro de uma sessão, no local apropriado para entender melhor a história de cada pessoa.

Quando saímos do medo da doença e buscamos conhecimento, damos chance ao nosso corpo para voltar a sua normalidade.

Não podemos só remediar, é preciso olhar para a causa.

Se você não consegue sozinho busque ajuda para entender seus conflitos.

Expandindo a consciência restauramos nossa saúde física.

A "doença" é o esforço que a Natureza faz para curar (Gustav Carl Jung).

Me conta, isso faz algum sentido para você?

Nos próximos encontros vamos entender quais conflitos biológicos vividos por nós podem desencadear alterações na nossa biologia corporal.

Seja você seu maior compromisso.


- Eliete Vieira é nutricionista por formação, terapeuta em Reprogramação Biológica e aromaterapeuta (óleos essenciais).

Para saber mais você pode acompanhar nas mídias sociais: instagram @elietevieiraterapeuta e na página do Facebook Eliete Vieira




COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.